Número total de visualizações de página

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Santos Padroeiros


Santa Ana
Dia do Santo:26 de Julho
Padroeira dos Avós

Oração

Ó Deus, Forte e Imortal, que concedestes a Santa Ana e a São Joaquim a graça de serem os pais daquela que foi concebida sem a mancha do pecado original, Maria Santíssima, dai-me a Graça que tanto vos peço. Por Cristo e Maria, amém.

Santa Ana e São Joaquim, rogai por nós.








Santa Teresa de Lisieux
Dia do Santo:1 de Outubro
Padroeira das Missões

Oração

Ó Deus, que concedestes a santa Teresa de Lisieux (Santa Terezinha) a graça da simplicidade e do amor incondicional a Vós e a todos os irmãos, concedei-nos, por sua intercessão, amar sempre mais a simplicidade de vida e a comunhão convosco. Por Cristo Senhor, amém.
Santa Teresa de Lisieux, rogai por nós.



Santa Rita de Cássia
Dia do Santo:22 de Maio
Padroeira dos Impossíveis

Oração

Onipotente e Eterno Deus, que concedestes inúmeras graças a Vossa serva Santa Rita de Cássia, concedei também a mim perseverança na oração e na caridade. Que eu enfrente as tribulações desta vida com renovado espírito de oração e prática sacramental. Por Cristo Senhor. Amém. Santa Rita de Cássia, rogai por nós.










Santa Clara de Assis
Dia do Santo:11 de Agosto
Padroeira da Televisão

Oração

Concedei-nos, Senhor, a nós e a todas as jovens, a Graça da perseverança na fidelidade a Vosso Santo Nome. Dai-nos, a santa pureza, o espírito de humildade e de trabalho. Santa Clara, rogai por nós.



sábado, 20 de outubro de 2007

Olha Pra mim na Unidade Paroquial II


A Unidade ParoquialII, é uma festa Paroquial, que se realizou nos dias 29, 30 de Junho e 1 de Julho, na minha cidade, Odivelas e onde eu estive com alguns dos meus trabalhinhos ....

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

O que são Registos Religiosos


São muitas as designações que podem dar-se aos Registos Religiosos. Há quem lhes chame Memórias ou Saudades pois guardam memórias e saudades de determinados momentos, como por exemplo as que são realizadas com pagelas de Batismos, 1ª Comunhão, Crisma, Matrimónio,etc. Há também quem lhes chame Santinhos ou Bentinhos, por serem executados com santinhos normalmente abençoados. Outros ainda dão-lhes o nome de Lâminas, Maquinetas, Lapelas,etc.

De qualquer forma a designação mais frequente é: Registos ou Registros.

A arte dos Registos é uma velha tradição portuguesa de origem conventual. Antigamente era costume oferecer fogaças à igreja na ocasião de certas festividades (costume que ainda persiste nalgumas localidades), e em retribuição, a igreja oferecia um santinho ou pagelinha. Alguns serviam muitas vezes para marcar a página de um livro de oração, missal, Bíblia ou outro que se tivesse para utilização religiosa. Eram registos de uma passagem que se lia muitas vezes. Outros eram por vezes entregues aos cuidados de irmãs religiosas, que elaboravam os tais registos com adornos e tecidos raros que sobravam da paramentaria e os emolduravam passando a povoar as paredes das casas médias e ricas, símbolos de protecção, num mundo em que eram mais os perigos ou o medo deles e menos as imagens onde pousar os olhos.

Os Registos de Santos tiveram particular expressão em Portugal, sobretudo em meados do século XVIII, devido ao incremento da actividade dos gravadores e do comércio de gravuras e estampas à escala internacional.
Paralelamente, este tipo de gravuras tornou-se bastante popular devido às inúmeras peregrinações, círios e festividades pendulares, nas quais a presença dos fiéis foi marcada pela posse de um objecto evocativo da participação no mesmo, materializada em registos, fitas e medalhas.

Na actualidade, os registos continuam a ter cariz essencialmente devocional, mas têm também um carácter decorativo bastante marcado, existindo duas vertentes em quem trabalha neste tipo de arte: aqueles que procuram recriar os registos antigos utilizando imagens antigas e tecidos nobres como brocados e outros, normalmente provenientes de sobras de paramentarias e outros que procuram dar aos registos um ar mais contemporâneo, utilizando figuras mais recentes e tecidos mais simples. Eu pertenço ao segundo grupo, pois penso que há que adequar este tipo de arte aos novos tempos e torna-la acessível a todos os gostos, a todas as gerações e também a todas as “bolsas”….

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Santos do Mês de Outubro

Santa Teresinha Do Menino Jesus(Sta. Teresa de Lisieux)
Dia do Santo: 1 de Outubro

Seu nome de batismo é Teresa Martin e também é conhecida como santa Teresinha. Nasceu em Alençon, na França, em 1873. Enfrentou diversas dificuldades ao longo da sua vida, a começar pela fragilidade da sua saúde: morreu de tuberculose pulmonar quando tinha apenas 24 anos, em 1897. Factos esses que não lhe tiravam o sorriso do rosto! Era uma expressão de sua alegria espiritual, que segundo suas palavras “não está nos objetos que nos circundam, mas reside no íntimo mais profundo da alma.”

Santa Teresa tinha um diário no qual relatava as suas experiências interiores, publicadas mais tarde com o título de “História de uma Alma”. Nele lemos o seu caminho espiritual, ao que ela deu o nome de Infância espiritual, ou seja, perante Deus temos que nos comportar como as crianças, que amam a simplicidade, confiam sem limites, e assim, cultivamos a humildade, que é a verdade. Devemos servir a Deus de modo desinteressado.

Em 1881 começou a freqüentar, como semi-interna, as Irmãs Beneditinas de Lisieux. Em 1888 ingressou no Carmelo de Lisieux, permanecendo aí durante nove anos, até sua morte. Esta santa inseriu-se tanto na realidade da vida eclesial que em 1927 foi declarada padroeira das missões e, em 1944, padroeira secundária da França, ao lado da guerreira Joana D’Arc.

Santos Anjos da Gu
arda
Dia do Santo: 2 de Outubro

Oração ao Anjo da Guarda
Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, pois a ti me confiou a piedade divina, hoje e sempre me governa, rege, guarda e ilumina.Amen.




















Santa Faustina Kowalska
Dia do Santo: 5 de Outubro



Conhecida pelos católicos como apóstola da Misericórdia de Deus, entrou para a vida religiosa em 1924 na congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia.

Um dos seus confessores, Pe. Sopocko, exigiu de Santa Faustina que ela escrevesse as suas vivências num diário espiritual. Este diário compõe-se de alguns cadernos. Desta forma, não por vontade própria, mas por exigência do seu confessor, ela deixou a descrição das suas vivências, que ocupa algumas centenas de páginas.

A sua canonização aconteceu a 30 de Abril de 2000, pela mãos do Papa João Paulo II de quem também conseguiu a instituição da Festa da Divina Misericórdia.



Nossa Senhora do Rosário
Dia do Santo: 7 de Outubr
o


A origem da devoção à Nossa Senhora do Rosário é muito antiga, mas a sua propagação tomou impulso com São Domingos de Gusmão.
Foi por sua inspiração que São Domingos fez do Rosário a sua poderosa arma para combater a heresia dos albingenses, no início do século XIII, onde a tal heresia crescia vertiginosamente em França. Fundou a ordem dominicana e por sua intensa propagação e devoção, a Igreja conferiu-lhe o título de “Apóstolo do Santo Rosário”. Existem, inclusive, certas versões históricas que afirmam ter Nossa Senhora aparecido a São Domingos segurando o Menino Jesus no colo e oferecendo-lhe o santo Rosário, e cuja propagação e divulgação teria tomado impulso por pedido pessoal de Maria Santíssima.